Marta Fernandes da Silva

Aurora

cenografia

Teatro e Marionetas de Mandrágora
2018 . Arcos de Valdevez
REF 2018_aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora
Aurora

sobre

Nas entranhas da Montanha vive Aurora, elemento cuidador da natureza. Aurora nasce, e todos os dias a montanha enche-se de luz e cor. Todos os dias Aurora cuida das plantas, das árvores e dos animais. Mas determinado dia tudo muda, … a sua floresta é devastada por um grande incêndio que a obriga a fugir para um outro espaço. Aurora encontra assim a cidade que lhe parece maravilhosa e cheia de luz. Mas na cidade nem tudo é luz, há a sombra, e Aurora perde-se num caminho que pode não ter volta.


Inserido no projeto "Gnómon - escolas na biosfera".

A redescoberta da natureza, das tradições e raízes do Parque Nacional da Peneda Gerês e do norte de Portugal é a essência que guia o espetáculo. O projeto é concebido através de um olhar sobre o habitar e cuidar a Natureza e a sobrevalorização que damos aos espaços citadinos, muitas vezes esquecendo as nossas origens.

Todo o projeto é criado plasticamente a partir da reutilização de objetos seja nas marionetas, cenografia ou figurinos.

ficha artística

DIREÇÃO ARTÍSTICA Clara Ribeiro
INTERPRETAÇÃO Filipa Mesquita, Joana Martins
MARIONETAS enVide neFelibata
CENOGRAFIA Marta Fernandes da Silva
FIGURINOS Patrícia Costa
MÚSICA CÉNICA Hugo Morango
DESENHO DE LUZ Filipe Jesus
FOTOGRAFIA Rita Rocha
PRODUÇÃO Teatro e Marionetas de Mandrágora
PARCERIA Adere - Peneda Gerês, Ardal - Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima, Folk & Wild
APOIO Câmara Municipal de Espinho, Câmara Municipal de Gondomar, Fórum de Arte e Cultura de Espinho, 23 Milhas, Câmara Municipal de Montalegre, Município de Arcos de Valdevez, Município de Melgaço, Município Ponte da Barca, Município Terras de Bouro, Portugal 2020, Poseur 2014 20

download

ARQUIVO IMAGEM ÁLBUM 70.4 Mb
ARQUIVO IMAGEM PROMO 37.2 Kb
EXPORTADO EM PDF EN 2.5 Mb
EXPORTADO EM PDF PT 2.5 Mb

promo

^